Barra do Garças/MT, 20 de Novembro de 2019

Facebook

NOTÍCIAS segunda-feira, 21 de Outubro de 2019, 08h:30 | - A | + A

CARRO CAPOTOU

Jovem morta em acidente é filha de assassino de agrônomo

Por: Yuri Ramires

Gazeta Digital

Mariana de Moraes, 31, que morreu no sábado (19) vítima de um acidente automobilístico na zona rural de Porto dos Gaúchos (663 km a Médio-Norte de Cuiabá), é filha de Paulo Faruk de Moraes, produtor rural preso por mandar matar o engenheiro agrônomo Silas Henrique Palmieri Maia, 33, em fevereiro deste ano.

 

De acordo com as informações da Polícia Militar da região, o acidente aconteceu no km 01 da rodovia 338, próximo à entrada de Porto dos Gaúchos. Antes do acidente, Mariana estava bebendo com um grupo de amigos em uma chácara. 

 
 

Ela saiu sozinha de carro, quando por volta das 00h29 o veículo teria invadido a pista contrária, indo direto para o acostamento, onde capotou o veículo e acabou caindo na área de uma plantação agrícola. 

 

Peritos informaram que o veículo estava com as rodas para cima. A vítima não usava cinto de segurança no momento do acidente e, por isso, seu corpo foi encontrado parcialmente para fora do veículo. 

 

Pai é réu confesso

 

O pai de Marina é réu confesso do assassinato de Silas Henrique Palmieri Maia, em 18 de fevereiro deste ano. A vítima estava sentada em uma lanchonete, próximo ao município de Porto dos Gaúchos, quando foi morta com tiros na cabeça.

 

A motivação do crime seria uma dívida entre o produtor rural e a vítima. Ele foi preso em 21 de fevereiro, após 2 dias foragido. Em agosto, a Justiça revogou o pedido de Habeas Corpus da defesa do réu, considerando a gravidade do crime cometido, bem como a necessidade de manter a ordem pública.

IMPRIMIR

COMENTÁRIOS